27/05/2018 - 15:19

A mãe de um ano merece um festão, esta festa é para ela!

Muito se fala sobre a festa do primeiro ano do bebê:  fazer ou não fazer festa? Alguns preferem uma comemoração mais íntima, em casa, só com os familiares, outros preferem fazer uma super festa com tudo o que se tem direito. Mas nós aqui do Espaço Formigueiro, temos ainda um outro olhar sobre esta comemoração. Quer saber qual?

O primeiro ano do bebê é cercado de emoções, inseguranças, angústias e incertezas para a mãe. Esse ciclo de 365 dias é de total de aprendizado e por que não, sobrevivência dela, não é mesmo?  Então, nada melhor do que comemorar não só o aniversário do bebê, mas também desta mãe, que nasceu junto com  a criança!

Para quem está de fora, pode parecer bobagem, mas a nossa experiência diz que as mamães que fazem a festa de primeiro ano, não se arrependem. Pelo contrário, fariam de novo.

Isso se dá porque, diante de tantas dificuldades dos primeiros meses da vida do bebê, com a comemoração é como se toda essa etapa ficasse para trás, dando lugar a novas alegrias e conquistas.

Junte-se a isso todas as pessoas queridas que estiveram presentes desde o momento da gestação, que acompanharam, aconselharam, deram presentes e apoio a esta família, e você tem aí mais do que bons motivos para comemorar.

Agora, uma dica importante: não adianta a mãe preparar a festa e não se organizar para estar cuidada e se sentindo bem neste momento. Se for possível, deixe o aniversariante com o pai ou os avós para que você possa gastar um tempo no salão e ficar linda e maravilhosa para comemorar seu primeiro ano de maternidade. Então, capriche no visual e divirta-se muito!